Frete grátis nas compras a partir de 3 unidades.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

A saúde do coração é algo que você deve colocar em primeiro lugar. Veja algumas dicas simples para investir na sua qualidade de vida.

Prezar pela saúde do coração é uma das melhores coisas que você pode fazer pela sua saúde no geral, pois o maior motivo de mortes no mundo é complicação cardíaca.

Segundo o Ministério da Saúde, de todos os óbitos do Brasil, cerca de 31,5% são causados por problemas no coração. Mais de 7,5 milhões de pessoas morrem no mundo todos os anos por conta disso.

A boa notícia é que você consegue favorecer o seu coração com pequenas mudanças diárias, as quais irão melhorar a sua qualidade de vida como um todo.

Saúde do coração: porque prejudicamos tanto

A saúde do coração não é algo muito favorecido na rotina da maioria das pessoas, pois o dia a dia corrido e a alimentação nada saudável são gatilhos para prejudicar o seu coração.

A hipertensão e a obesidade fazem parte da realidade das pessoas do mundo todo, sendo duas condições extremamente prejudiciais à nossa saúde (não somente a cardíaca).

A pressão alta sobrecarrega o nosso coração e isso faz com que o órgão aumente de tamanho, sendo uma condição nada favorável para nós.

A obesidade, como já falamos, é um grande problema, pois essa própria condição é favorável ao aumento da pressão arterial.

E se você for ao médico, muito provavelmente será recomendado algum remédio para pressão alta, entretanto, é possível favorecer a saúde do coração com hábitos mais saudáveis e naturais.

Veja algumas dicas que você pode colocar em prática a partir de agora para melhorar a sua saúde cardíaca.

Tenha boas noites de sono

Sabemos que dormir bem é fundamental para o nosso descanso, bom humor e energia, mas você sabia que o sono está intimamente ligado à saúde do nosso coração?

Dormir bem ajuda no nosso metabolismo como um todo, mas também é ideal para prevenir doenças crônicas. Se você tem sérios problemas para dormir, comece agora mesmo a buscar formas de melhorar seu sono.

A insônia tem diversas causas, mas há algumas dicas que irão te ajudar neste desafio:

  • Colchão é um investimento, tenha uma cama confortável
  • O ambiente deve ser o mais escuro possível e silencioso, nada de TV ligada ou abajur
  • Mantenha uma rotina. Busque dormir e acordar no mesmo horário
  • Durma, no mínimo, 7 horas por noite. Programe-se para dormir 8 horas, assim você terá 1 hora de “crédito” caso demore para dormir
  • Pratique atividades físicas regularmente
  • Não mexa em celulares ou computadores antes de dormir por, pelo menos, 1 hora.
  • Crie o hábito de ler antes de dormir, isso vai ajudar a aquietar sua mente
  • Busque práticas de meditação em dias de maior ansiedade
  • Chá de camomila concentrado realmente faz milagres antes de dormir
  • Evite beber e fumar

Além de melhorar a saúde do coração, você com certeza notará uma mudança tremenda na sua qualidade de vida. Investir em boas noites de sono é uma das melhores coisas que se pode fazer por si mesmo.

Tome sol, ele não é inimigo

Muitas pessoas veem o sol como inimigo, principalmente por questões estéticas (o sol, de fato, envelhece a pele), mas ele também é FUNDAMENTAL para que o seu organismo funcione corretamente.

Você não precisa passar horas e horas no sol, apenas 15 minutinhos já bastam se você tiver a pele mais branca. Quem tem mais melanina precisa estender um pouco esse tempo, mas nada que ultrapasse 40 minutos de sol.

Os raios solares são os responsáveis pela Vitamina D no organismo, a qual tem n responsabilidades em nosso corpo. Uma delas é intensificar a absorção de fósforo e cálcio.

Para o nosso coração — e todo o nosso corpo — funcionar de forma correta, precisamos dessa vitamina. A alimentação não é suficiente, sendo realmente necessário tomar sol ou apostar em suplementação.

Além de corroborar para a saúde do coração, a Vitamina D também está ligada diretamente com o nosso humor. O déficit pode acarretar em complicações como ansiedade e depressão.

Evite alimentos açucarados

O açúcar não faz bem para a nossa saúde de modo geral. Ele é o precursor de obesidade, diabetes, gastrite e colesterol alto. Como você deve deduzir, isso não faz nada bem para a saúde do coração.

Quanto mais claro o açúcar, mais processado ele é e, consequentemente, mais mal ele faz para a nossa saúde. O açúcar mascavo é uma opção menos prejudicial, mas ainda assim deve ser consumido com cautela.

Há quem consuma, por exemplo, muito açúcar puro em bebidas. Isso é algo que você consegue ir reduzindo aos poucos até começar a consumir tudo natural.

O nosso paladar se acostuma gradualmente, então basta começar a diminuir a dose aos pouquinhos. Você não irá “sofrer” e seu corpo vai agradecer.

E, claro, refrigerantes e excesso de doces são um grande problema para o nosso coração. Isso é algo que deve ser consumido com muita, mas muita moderação.

O estresse prejudica muito mais do que somente nosso humor

Você sabia que o estresse pode ser um dos precursores de diabetes, triglicérides, hipertensão e colesterol alto? Há pesquisas que indicam que o estresse pode até mesmo agravar o câncer.

O grande problema é que talvez isso seja uma das coisas mais difíceis de nós combatermos. Saber lidar com as situações diárias sem se estressar é realmente um desafio e isso deve ser trabalhado aos poucos.

O interessante é perceber que tudo está intimamente conectado com a saúde do coração e o nosso corpo em geral. Quando você dorme melhor e com menos açúcares, automaticamente o estresse é reduzido.

Há algumas outras coisas que você pode fazer para tentar reduzir o seu estresse diário:

  • Beba água. Sim, nosso corpo precisa de hidratação para que as funções do nosso cérebro ocorram de forma adequada
  • Pratique atividades físicas. Movimentar o corpo libera o que chamamos de “hormônio da felicidade”, sendo algo fundamental para aliviar o estresse
  • Faça práticas de meditação. É incrível como os estudos mostram resultados promissores na redução do estresse, mas lembre-se que meditação é uma prática e que exige dedicação
  • Terapia. Precisamos aprender a lidar com os nossos sentimentos e controlar a nossa carga de estresse

Tenha uma rotina de atividades físicas

É imprescindível que você pratique atividades físicas durante a semana. Isso faz bem para o seu corpo como um todo, mas principalmente para o seu coração.

Não é preciso passar horas e horas na academia todos os dias. Pesquisas apontam que cerca de 30 minutos de atividades aeróbicas por 4 vezes na semana já faz uma grande diferença.

O melhor? Isso irá te ajudar a ter boas noites de sono e, consequentemente, irá aliviar o seu estresse.

Tudo fica ainda melhor quando você encontra uma atividade que tem prazer em realizar. Exercícios físicos não necessariamente precisam ser musculação, pode ser caminhada, jump, aula de luta, dança e assim por diante.

Para investir na saúde do coração, comece a praticar atividades físicas por entre 3 a 4 vezes na semana. É um tempo para você investir na sua própria saúde.

E além de todos esses benefícios, você também acaba tendo a vantagem das questões estéticas, o que ajuda na nossa autoestima e qualidade de vida.

Alimentação saudável é essencial

Quando falamos em saúde do coração não podemos nos esquecer de falar sobre alimentação saudável. A má alimentação é o mal do século XXI.

As refeições prontas, fast-food, temperos industrializados e todos esses alimentos processados são um terror para a nossa saúde. Sempre busque por refeições naturais.

Prepare o seu almoço com pouco sal e substitua os temperos prontos por ervas, isso vai ajudar a diminuir consideravelmente o nível de sódio.

Além do mais, frituras não são bem-vindas no nosso organismo. É claro que elas não são absolutamente proibidas, mas evite ao máximo consumi-las. Se programe para comer apenas uma vez na semana.

Lembrando que os alimentos assados são até mais saborosos do que as frituras (e são mais fáceis de fazer também!).

Se você está pensando na saúde do coração, evite alimentos gordurosos, isso é gatilho para uma série de problemas.

Produtos feitos somente com farinha branca também podem ser evitados. Prefira opções integrais.

Um alimento que tem se mostrado muito promissor para a nossa saúde em geral, incluindo a do coração, é o óleo de Baru. Consumido com moderação, essa castanha é capaz de reduzir os níveis de gordura.

Além disso, possui uma série de sais minerais e vitaminas que favorecem o nosso corpo como um todo. E mais: há pesquisas que apontam o Baru como uma ótima substância para combater o Alzheimer.

O fruto típico do Cerrado brasileiro é daqueles alimentos com mil e uma utilidades e que fazem muito, mas muito bem para a nossa saúde.

Ele pode ser consumido em formato de óleo, farinha ou suplementação. Com certeza você estará fazendo um bem para a sua qualidade de vida.

Unindo todas as dicas com uma alimentação saudável e óleo de Baru, com certeza você estará diminuindo consideravelmente a chance de problemas cardíacos. Sempre coloque a saúde do coração em primeiro lugar!

Subscribe To Our Newsletter

Get updates and learn from the best

Outros posts

Alimentação

Receitas com castanha de baru

A castanha de baru é um elemento muito consumido em algumas regiões do Brasil, mas que, apesar disso, ainda é considerada desconhecida por muitas pessoas.

Do You Want To Boost Your Business?

drop us a line and keep in touch